Para meu amado neto Rafael





Quando me acompanha com o olhar
Me sinto importante para alguém ...

Quando esboça um sorriso
Lembro que os anjos existem...

Quando farfalha um gargalhar
Ainda que desajeitado
sei que o paraiso é aqui ...

Aguardarei o tempo e quando estiver falando vovó
Com imensa alegria flutuarei além dos céus ...



Seguindo a vida

As vezes penso que a vida não é como sonho
Não tão deslumbrante quanto dizem ser.
Acordo em manhãs cinzentas
Esperando tardes agradáveis e sonolentas.

Preencho minha alma com lembranças vagas
Disfarço a realidade num sorriso
Escondo as lágrimas sentidas pelas idas
A esperança me toca como um aviso 

Com sabor de ansiedade vou seguindo
Quase engênua  solitária e só  
Mantendo acesa a chama vou em frente
Vou esperar minha vez
 a vida continua me sorrindo