Contos e encontros


Foi numa tarde de sábado, musica muitas gente e você.
Alto galego camisa listrada de olhar maroto sorriso jovem.
Desajeitado me convida a bailar e divide sua bebida.
Como beijos camuflados tomando no mesmo copo.
E desta forma trocamos muitos beijos em publico. 

Olhávamos olho no olho e nos acariciamos com o olhar 
O ambiente a musica tudo favorecia deixei-me levar 
Num impulso entrelaçamos nossas mãos e caminhamos.
A musica continuou la longe, pessoas passavam por nos
Mas não enxergamos mas nada, eramos só nos e o universo
Vibrando nosso encontro 

Conversamos sobre as adversidades da vida e nos beijamos
Os momentos cinzentos, foram ficando luminosos.
Os momentos áridos foram ficando suaves
Inseguranças e indecisões foram desaparecendo.
E ali naquele abraço aconchegante nos apaixonamos